O ranking das melhores seleções de futebol do mundo, divulgado pela FIFA, vai trazer novamente o Brasil na primeira colocação. Fazia dez anos, desde maio de 2010 – antes da Copa da África do Sul, que o Brasil não liderava.

Isso aconteceu pela excelente campanha sob o comando de Tite; nove vitórias seguidas, somadas a maus resultados de adversários diretos, possibilitaram a retomada da primeira colocação no ranking da FIFA. O Brasil, e bom lembrar, é a seleção que mais tempo ocupou o topo do ranking, desde que a FIFA começou a formulá-lo em 1993. Agora é continuar a boa fase para se manter lá.

A Argentina e a atual campeã da Copa do Mundo, Alemanha, completam o top 3.

O critério desse ranking não leva em conta apenas torneios (claro), mas quaisquer partidas oficiais disputadas pelas seleções, do contrário é claro que uma Copa do Mundo definiria o ranking, já que vale infinitamente mais que uma simples Copa América.

Não faz muito tempo a seleção passou por uma fase bem ruim. Principalmente depois da eliminação na última Copa América, com um futebol medíocre; o “time da CBF” caiu para o 9º lugar, a pior colocação desde o início de 2014.

Ainda sobre o TOP 10, Portugal, grande campeã da Euro (apesar de um futebol horroroso, mas pelo menos eficiente nas duas últimas partidas) e time do craque Cristiano Ronaldo, o melhor jogador do mundo, continua na 8ª colocação, atrás da Bélgica, 7ª colocada.

LEIA TAMBÉM: Melhores times do mundo hoje.

Mas vamos ao ranking atualizado em março de 2017:

Ranking da FIFA: 20 Melhores Seleções de 2017

Este é o mais recente top 10 divulgado pela FIFA:

  • 1º. Brasil (1.661 pontos)
  • 2º. Argentina (1.603 pontos)
  • 3º. Alemanha (1.464 pontos)
  • 4º. Chile (1.403 pontos)
  • 5º. Colômbia (1.384 pontos)
  • 6º. França (1.294 pontos)
  • 7º. Bélgica (1.281 pontos)
  • 8º. Portugal (1.259 pontos)
  • 9º. Suíça (1.212 pontos)
  • 10º. Espanha (1.204 pontos)

A próxima atualização do ranking da FIFA deve ser divulgada em abril ou maio.